02/01/2022 às 13:19 DEBUTANTES

A HISTÓRIA DAS FESTAS DE DEBUTANTES

422
3min de leitura

O ritual das debutantes floresceu aproximadamente de 1780 a 1914 - começando com o primeiro baile das debutantes em Londres e terminando com a eclosão da Primeira Guerra Mundial. Durante esses anos, a Grã-Bretanha se tornou a potência dominante no Ocidente, e sua cultura se espalhou a partir da moda capital de Londres para cidades provinciais na Grã-Bretanha e, eventualmente, para suas colônias distantes. 

Os súditos britânicos de Sua Majestade e, mais tarde, também os americanos, esperavam em atóis de coral e em agitadas cidades portuárias por navios que traziam jornais cheios de notícias de música, dança e conversas da moda. As filhas mandavam as costureiras copiar os vestidos que viam, adaptando-os a climas com musgo espanhol e areia rosa ou invernos gelados e maresia.

Essas jovens que foram apresentadas a monarcas, que estavam prometidas a aristocratas em declínio, ou cujos pais juntavam dinheiro para que pudessem atravessar um palco e fazer uma reverência a um prefeito de uma pequena cidade ou a um palhaço de rodeio, estavam unidas por um dilema insolúvel - o único uma carreira respeitável para as mulheres era o casamento, e os melhores casamentos eram feitos por debutantes.

As debutantes em que pensamos hoje, curvando-se profundamente em vestidos gelados, se originaram e evoluíram na Inglaterra e na América simplesmente porque eram necessárias para resolver um problema. A REFORMA PROTESTANTE no século 16 na Inglaterra e no norte da Europa acabou com a prática extremamente conveniente de enclausurar meninas não casáveis ​​em conventos. Enquanto a aristocracia católica na Europa continuava com essa prática, a aristocracia inglesa agora tinha um problema com a filha. Protestantes, você vê, não têm conventos. Quando um exasperado Sr. Bennett fala de suas cinco filhas em Orgulho e Preconceito de Jane Austen: “O que fazer com todas essas garotas?” ele estava falando sobre um problema de casamento que já existia, não resolvido, por várias centenas de anos. A Reforma deixou ingleses ricos ou com títulos em abundância com um excesso de filhas, cujos casamentos deviam ser considerados da forma mais delicada, já que, por lei, eles não podiam herdar as propriedades de seus pais. O tipo de casamento que o ritual da debutante proporcionaria era seguro - as garotas eram apresentadas a companhias examinadas - e evitava que um casamento ruim arrastasse para baixo o status de uma família inteira, como o de Lydia ameaçava fazer no romance de Austen.

Brenda Frazier, a debutante mais famosa do século 20
Brenda Frazier, a debutante mais famosa do século 20

Brenda Frazier, a debutante mais famosa do século 20, cujo rosto vendia carros e perfumes, afirmou em um artigo da revista LIFE de 1963 que sua mãe a havia forçado a ser o centro das atenções aos 17 e disse: “Eu era uma moda passageira naquele ano, o caminho o golfe anão já foi uma moda passageira, ou o mastro da bandeira. ” E há, também, inúmeras garotas anônimas que passaram por esse processo, cujo único legado é seu álbum de recortes de debutante, um registro de recortes de jornal e fotos de outras debutantes. Esses álbuns de recortes são geralmente encontrados no final dos arquivos da família, onde primeiro é necessário folhear os feitos registrados de grandes magnatas, políticos e proprietários de terras.

É irônico, então, que a temporada fosse a única chance que uma debutante teria de experimentar até mesmo o menor indício de controle sobre seu próprio corpo e mente. O espaço de transição entre a casa de seus pais e a de seu marido era o mais livre que ela provavelmente jamais estaria. Em uma festa, isso pode significar notar a textura do champanhe escorregando em sua garganta ou o controle de um espartilho, ou a dor de seus lindos sapatos. Ela ouvia o barulho de uma orquestra, o zumbido das luzes, sussurros nos cantos, murmúrios de assentimento, contestações relutantes. Ela sentiria o cheiro forte de arranjos de flores, a fumaça úmida e profunda dos charutos e a secura dos cigarros. O terror de todos se concentrando nela, a rigidez de seus cabelos, a imobilidade de seu sorriso, o tédio da responsabilidade cívica.

Agora que você conhece um pouquinho de história de como tudo começou, separamos uma galeria com várias de nossas debutantes.

>ACESSE AQUI<



02 Jan 2022

A HISTÓRIA DAS FESTAS DE DEBUTANTES

Comentar
Facebook
WhatsApp
LinkedIn
Twitter
Copiar URL

Tags

15 anos debutantes ensaios de 15 anos ensaios externos fotografia de debutante história das debutantes maquiagem de debutante menina vestido de debutante

Quem viu também curtiu

01 de Jan de 2022

TODA FUTURA MAMÃE DEVE FAZER FOTOS?

29 de Dez de 2022

Como se organizar para um ensaio fotográfico?

02 de Jan de 2022

ENSAIO DIFERENTE PARA 15 ANOS